CRÍTICA: Terceira temporada de “Elite” traz a mesma receita de bolo que dá certo

Os fãs de “Elite” estão fervorosos pela estreia da terceira temporada. O seriado latino que conquistou o coração de milhares de pessoas ao redor do mundo deu o que falar com o seu estilo teen, porém cheio de mistério e personagens problemáticos.

Para quem acompanhou a segunda temporada, sabe que foi proporcionada uma season finale um pouco quanto chocante e é claro, que todos estão esperando para acompanhar as consequências dos acontecimentos.

Divulgação/Netflix

Sendo assim, o que vocês podem esperar da terceira temporada? Teremos um novo assassinato que irá desencadear mais uma investigação na escola, além dos protagonistas enfrentarem seus últimos meses no instituto Las Encinas. Eles tentam seguir adiante, mas fantasmas do passado (e bota fantasmas nisso!) ainda os assombram.

Nós tivemos acesso aos dois primeiros episódios da temporada e já podemos tomar como consideração, que serão os mais importantes e decisivos para toda a trama. Os nossos personagens favoritos estão de volta muito mais problemáticos, cheios de raiva no coração e prontos para fazer justiça.

Divulgação/Netflix

O fato de termos um novo assassinato não surpreende a ninguém. É a receita de bolo que eles criaram lá na primeira temporada que deu super certo e irá agradar a todos novamente. Como eles contam a nova história, como os personagens lidam e o desenvolvimento do mistério são pontos interessantes e faz com que você realmente queira saber quem foi o responsável. É aquele segredo: cada seriado e franquia tem o seu DNA e o de “Elite” é simples: drama adolescente e um mistério.

Mesmo com a trama um pouco óbvia, isso não quer dizer que o que assistimos não foi bom. Ao contrário, os dois primeiros episódios tem como objetivo te consumir para dentro da história e fazer com que o você queira assistir até o fim.

Um dos pontos positivos da nova temporada, é a evolução de alguns personagens. Existem alguns que ainda queremos dar um tapa na cara e falar “reagem”, mas outros se destacaram com o seu amadurecimento e reviravolta em sua enredo.

Divulgação/Netflix

Outro ponto bacana é a introdução de novas carinhas. Na segunda temporada, tivemos a estreia de três personagens importantíssimos para a história e dessa vez, não será diferente. Tem gente nova que irá causar bastante na relação dos alunos do instituto Las Encinas e que podem ou não contribuir para os grandes episódios.

Porém, a temporada não foca apenas na vida dos estudantes, mas também mostra um pouco do relacionamento com suas famílias. Alguns personagens já tiverem esse lado desenvolvido muito bem nas outras temporadas, porém chegou a vez de conhecermos outras histórias. A relação com os pais e as consequências dos seus atos serão dois pontos trabalhados que irão causar reviravoltas e mexer com o emocional de alguns protagonistas.

Como uma nova temporada de um seriado de sucesso, a Netflix jogou muito bem e conseguiu sustentar o tom de suspense e mistério que a série tem em sua essência.

A terceira temporada de “Elite” é uma jornada em que amor, sexo e amizade estarão mais presentes do que nunca, porém os ciúmes, segredos e desejo de vingança irão ameaçar e destruir a vida das pessoas. Profundo, não?

Se quiserem descobrir tudo sobre o novo assassinato e suas consequências, a terceira temporada de “Elite” chega a Netflix dia 13 de março.

Não há comentários ainda

Comentários

Seu email não será publicado.